Conecte-se conosco:
  • Uberlândia

  • Uberlândia

  • BLOG WEBROOM

    Comunicação Digital + Desenvolvimento Web = Webroom Soluções Interativas

      Todos os posts com a tag política

    • 18 janeiro

      Campanha Eleitoral na Internet é liberada.

      A partir de hoje, (06/07), está liberada na Internet a propaganda eleitoral dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador para as Eleições 2012. A Justiça Federal, os candidatos e eleitores devem ficar atentos, pois este ano, as regras para a campanha eleitoral, cujo conteúdo tenha sido gerado ou editado por partidos, coligações ou de iniciativa de qualquer indivíduo estão bem claras e definidas.

      A propaganda na Internet está liberada apenas no site do candidato e site do partido ou da coligação, com endereços eletrônicos comunicados à Justiça Eleitoral e hospedado, diretamente ou indiretamente, em um ISP – Provedor de Serviço de Internet, brasileiro, além de constar de algumas proibições que são:

      Veiculação de qualquer tipo de propaganda eleitoral paga; veiculação de propaganda eleitoral em sites governamentais e de pessoas jurídicas; mensagens eletrônicas que não possuem mecanismo que permita o descadastramento por parte do destinatário no prazo de 48 horas, em que, caso o mesmo não seja feito o responsável é sujeito à multa; anonimato na livre manifestação do pensamento, em que, se a regra também não for cumprida o autor é multado e utilização, doação ou cessão de cadastro eletrônico de ISP’s ou serviços de Internet em favor de candidatos, partidos ou coligações.

      Nas Redes Sociais as campanhas também foram liberadas hoje, porém, segundo a presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Carmen Lúcia, a regulamentação se torna mais difícil, por causa da liberdade de expressão.

    • 18 fevereiro

      Internet é a bola da vez nas campanhas eleitorais

      Depois do fenômeno Obama e toda a interação que sua campanha eleitoral propiciou, agora é hora dos partidos brasileiros adotarem a internet como uma das principais mídias para suas campanhas eleitorais de 2010.

      Mesmo que muita coisa ainda não esteja definida, pois cada Estado está tratando o assunto de maneira diferente, a fama da Web 2.0 se dá principalmente pelo seu caráter interativo. Além disso, esta será uma arma importante para políticos que não precisarão mais se preocupar com o tempo que tem disponível em outras mídias como rádio e TV, pois na internet o tempo e os acessos são ilimitados. Muitos já exploram até mesmo as redes sociais e os blogs.

      Por fim, o grande poder que a internet dará aos políticos será a disseminação das suas idéias, pois, a maioria dos usuários irão palpitar sobre as propostas que leem. Este pode ser o lado bom, mas o bom mesmo é que os candidatos fiquem espertos, pois assim como a internet pode ser usada a favor de suas campanhas, o eleitor ficará de olho em tudo, acompanhando passo a passo as promessas feitas, pois já dizia o ditado: “promessa é dívida” e o eleitor atento, com certeza, irá cobrá-la.